Evangélicos protestam em Belo Horizonte contra exposição acusada de promover pedofilia

Uma exposição em cartaz na Grande Galeria Alberto da Veiga Guinard, em Belo Horizonte, despertou a fúria de populares que consideram as obras expostas uma apologia à pedofilia e pornografia infantil.

A mostra em questão foi intitulada “Faça Você Mesmo Sua Capela Sistina”, com obras do artista Pedro Moraleida. Um vereador evangélico da capital mineira, Jair de Gregório (PP) está sendo apontado como o líder dos protestos.

No total, são mais de 130 trabalhos expostos em um dos espaços do Palácio das Artes, responsável pela organização da exposição. De acordo com informações do G1, houve confusão quando alguns dos manifestantes tentaram impedir outras pessoas de visitarem a exposição.

A manifestação durou aproximadamente 40 minutos e chegou a fechar o tráfego na avenida Afonso Pena, uma das principais de Belo Horizonte. A Polícia Militar foi chamada para controlar a situação e evitar que alguém se ferisse na confusão.

A reportagem da TV Globo ouviu pessoas que passavam pelo local, e tanto a manifestação contrária à exposição, quanto o conceito de “liberdade artística”, receberam apoio dos entrevistados. O Palácio das Artes se defendeu das críticas afirmando que a mostra é destinada a maiores de 18 anos e crianças só tem acesso ao local se estiverem acompanhadas dos pais.

Gospel +