Cantora gospel Mara Maravilha desfila no carnaval: “Fui homenagear um amigo, só isso!”

Nesse carnaval há evangélicos que dizem ir para trabalhar, outros para se divertir, enquanto a maioria para evangelizar. Dessa vez, porém, surge Mara Maravilha, que não foi para nenhuma dessas coisas, mas sim para homenagear seu amigo, Leão Lobo, segundo explicação da própria apresentadora.

Eliemary Silva da Silveira, de 49 anos, ficou conhecida como Mara Maravilha, nome artístico batizado pelo apresentador e empresário Sílvio Santos, ganhando destaque em seu programa infantil no SBT na década de 80, emissora onde trabalha até hoje.

Convertida ao evangelho, Mara Maravilha dedicou seu trabalho à música gospel, gravando diversos álbuns, entre eles “Vai Tudo Bem”, “Novo Coração” e “Importante é Amar”. Uma as músicas de maior sucesso na carreira faz alusão ao seu nome, “Deus de Maravilhas”, do álbum que leva o mesmo nome.

Neste carnaval, porém, Mara Maravilha decidiu fazer algo que não agradou o público evangélico. Em uma escola de samba paulista, a cantora e apresentadora do programa “Fofocalizando”, do SBT, aparece desfilando ao lado do também apresentador Leão Lobo.

Com roupa discreta, de preto e com uma maquiagem que lembra seu período de apresentadora infantil no SBT nos anos 80, Mara participou do enredo cujo objetivo foi homenagear o amigo Leão. As críticas nas redes sociais da apresentadora vieram logo em seguida:

“Tudo é permitido mas nem tudo convém, que decepção”, escreveu uma pessoa. “De evangélica você não tem nada. Está perdida!”, comentou outro seguidor.

Já em seu programa no SBT, Mara Maravilha tentou se justificar, alegando que sua participação no desfile foi para homenagear o amigo. Ela disse que jamais imaginaria voltar ao carnaval, mas que dessa vez foi por consideração:

“Eu amo o Leão e só por isso estive lá. Jamais pensei em voltar para o Carnaval, mas dessa vez, fui homenagear um amigo, só isso!”, disse ela, segundo o portal Yahoo.